Blog

Novidades Linho Lev

Qual a importância das Vitaminas do Complexo B?

Saiba mais sobre estas vitaminas essenciais, que participam de inúmeros processos importantes em nosso corpo.

Todos nós já sabemos que as vitaminas são importantes para a manutenção da saúde e do bom funcionamento do nosso corpo. O que muitos não sabem, no entanto, é que, embora todas as vitaminas sejam importantes, algumas são consideradas essenciais e sua deficiência pode acarretar prejuízos ao organismo e até mesmo dificultar os ganhos na academia.
E é exatamente nesta categoria que se encaixam as vitaminas do Complexo B, que participam de inúmeros processos importantes em nosso corpo, como formação de células musculares e apoio aos sistemas digestivo e nervoso.
Quem treina com regularidade deve estar ainda mais atento aos benefícios das vitaminas do complexo B, pois a atividade física intensa aumenta a necessidade de nutrientes que serão utilizados para a regeneração e crescimento muscular. Sendo uma das principais funções das vitaminas do complexo B a conversão dos alimentos em energia, a falta desses nutrientes pode significar tanto uma queda na disposição durante o treino como também uma maior dificuldade de ganhar massa muscular.

 

Para que serve o Complexo B?


Além de atuar na conversão dos carboidratos e gorduras em energia, outras funções das vitaminas do Complexo B incluem a participação na síntese de novas proteínas, apoio ao sistema imunológico e digestivo, manutenção da saúde dos sistemas neurológico e muscular, e participação no crescimento celular. As vitaminas do Complexo B também contribuem para a manutenção da saúde da pele, unhas e cabelos.

Fonte: mundodaboaforma.com.br

BCAA: o que é e quais são os seus benefícios?

O BCAA é um dos suplemento mais famosos das academias, utilizado por grande parte dos praticantes de musculação. Mas nem todo mundo sabe exatamente quais são seus benefícios e como ele atua no organismo.

O termo BCAA é na verdade uma abreviação de Branched Chain Amino Acids, ou Aminoácidos de Cadeia Ramificada, que incluem a leucina, valina e isoleucina. Em conjunto, estes três aminoácidos formam cerca de 1/3 das proteínas musculares e são essenciais para o crescimento e desenvolvimento muscular.

 

Para Que Serve o BCAA?

Os BCAAs servem como transportadores de nitrogênio, nutriente que atua na síntese de outros aminoácidos necessários para a produção de novas fibras musculares (anabolismo). Outra função dos BCAAs é estimular a produção de insulina, hormônio que promove a entrada de glicose e aminoácidos nas células.

Esses efeitos do BCAA ajudam a diminuir os danos musculares resultantes da prática esportiva, aceleram a recuperação muscular, estimulam a síntese de proteínas e reduzem a fadiga. O BCAA também garante mais energia aos músculos durante o treino, o que pode se traduzir em séries mais intensas e um treino mais longo e produtivo.

 

Um ótimo suplemento para auxiliar no ganho de massa muscular

Este é certamente um dos principais benefícios do BCAA, que estimula a formação e o desenvolvimento das fibras musculares. Nós já vimos que os músculos são formados por proteínas, e estas por aminoácidos. Logo, nosso corpo necessita de aminoácidos para fazer mais proteínas e consequentemente mais fibras musculares.

Estudos indicam que a leucina aumenta a formação de tecido muscular através de sua ação direta na síntese proteica. A leucina também eleva os níveis de insulina, hormônio anabólico que estimula ainda mais a formação de novas proteínas.

 

Possui rápida absorção

O BCAA segue diretamente para os tecidos após a absorção no intestino, o que significa que você poderá utilizá-lo como fonte de energia mais rápida durante o treino. E, quando você acaba seus exercícios, os BCAAs já estarão disponíveis na circulação para começar o processo de reconstrução muscular.

 

Tem função anabólica e anticatabólica

O BCAA é anabólico e ao mesmo tempo combate o catabolismo porque aumenta significativamente a síntese de proteínas, facilita a liberação de hormônios anabólicos como o IGF-1 e a insulina, e também porque atua na manutenção de uma proporção adequada de testosterona e cortisol. Enquanto o cortisol estimula a degradação muscular, a testosterona tem efeito oposto, estimulando a síntese de mais fibras e levando a um estado de hipertrofia.

 

Melhora a recuperação

O BCAA melhora a recuperação após exercícios que causam lesões musculares, o que permite que você treine mais regularmente. Para saber mais e obter melhores orientações sobre a forma de consumir o BCAA , converse com seu nutricionista.

 

Fonte: https://bit.ly/2GPKZiv

Crossfit é um esporte. O esporte dos fitness.

Esta frase é de Greg Glassman, criador do CrossFit. Com certeza você já ouviu falar, mas talvez não tenha certeza sobre como funciona esse tipo de treinamento. Então, descubra agora!

Sucesso nos Estados Unidos, ele é utilizado também em academias de polícia, grupos de operações táticas e unidades de operações especiais do exército norte-americano. Por prometer uma otimização de capacidades físicas como resistência cardio-respiratória, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação e agilidade, acabou se tornando uma febre entre amantes de atividades intensas no mundo todo.

 

O que é?

O CrossFit é um programa de treinamento de força e condicionamento físico geral baseado em movimentos funcionais, feitos em alta intensidade e constantemente variados. Normalmente esses movimentos se enquadram em três modalidades: levantamento de peso olímpico, ginástica olímpica e condicionamento metabólico, ou cardio. O CrossFit é o método de treinamento que mais cresce atualmente no mundo, por proporcionar a mais completa adaptação físiológica possível no seu praticante, independente da idade ou nível físico do mesmo.

Em um treino típico, atletas e praticantes irão fazer um aquecimento, a prática de uma técnica ou segmento de treinamento de força e depois o WOD (workout of the day), ou treino do dia. A montagem do WOD muda de dia para dia, mas tipicamente inclui uma mistura de exercícios funcionais feitos em alta intensidade por um período que geralmente varia entre 5 a 20 minutos.

 

Quais são os equipamentos?

O principal equipamento para a sua prática é o nosso próprio corpo. Mas, também são utilizados equipamentos específicos como barras e anilhas olímpicas, kettlebells, pesos livres, cordas, caixas, bolas, pneus, argolas, elásticos, correntes entre outros.

Crucial no CrossFit também é o fato de que é o Esporte Fitness – o método tenta promover a camaradagem natural, competição saudável e a diversão do esporte, ao manter tempos, marcações e definir regras e padrões de performance, que podem variar.

 

Suplementos

Para praticantes de Crossfit, a Performance Line da Linho Lev é perfeita, pois oferece uma gama ampla de suplementos para repor energias e otimizar o desempenho. Conheça os produtos dessa linha clicando aqui.

Aproveite as férias e o calor e pratique exercícios na praia

Que tal aproveitar o verão na praia para praticar exercícios? Além de tomar um solzinho e garantir um belo bronzeado, você ainda perde algumas calorias, se diverte e mantém o corpo em dia.

Para fazer atividades na praia não abra mão de boné, óculos de sol, protetor solar para corpo e rosto e siga a recomendação dos médicos: fuja dos horários de pico (entre 10h e 16h). Selecionamos algumas atividades que você pode praticar ao ar livredurante este verão e eliminar entre 400 e 650 calorias. Veja qual delas se encaixa mais no seu perfil e boa diversão!

Frescobol: o esforço de membros superiores (braços/costas) e inferiores(coxas/glúteos) são intensos, a parte cardiorrespiratória também.

Vôlei: as pernas são muito solicitadas, assim como a parte cardiorrespiratória, o que aumenta o condicionamento físico.

Bicicleta: as pernas são muito trabalhadas. Sem contar que o exercícios ajuda a eliminar aquela barriguinha indesejável!

Skate: a parede abdominal é muito solicitada, assim como as pernas e costas.

Corrida: as pernas e o coração são muito solicitados, aumentando o condicionamento físico e a queima calórica.

Caminhada: as pernas e o coração são muito solicitados, aumentando o condicionamento físico e a queima calórica, mais em intensidade menor do que a corrida. Essa atividade é ideal para iniciantes.

Patins: assim como o skate, trabalha músculos como abdômen, pernas e costas. Trabalha muito também a coordenação motora.

É importante lembrar que você pode aumentar a intensidade de algumas dessas atividades praticando-as na areia. Na caminha e na corrida, por exemplo, o esforço aumenta pelo menos 30%, dependendo das condições da areia. E não se esqueça de fazer um bom alongamento antes e depois. Essa prática simples pode amenizar lesões.

 

Fonte: Juliana Falcão (MBPress)

Lesão: como reconhecer que este problema está chegando?

Todo mundo precisa aprender a ouvir o corpo para reconhecer os sinais de uma lesão.

Nosso corpo é sábio. Tanto que nos avisa antes de uma lesão chegar. E se você é uma pessoa que está atenta e sabe ouvir o corpo, pode reconhecer os sinais antes que surja alguma lesão.

Uma dor mais leve, a pulsação que está descompassada e até a queda do rendimento no esporte podem ser sinais de um problema iminente.

É vital ouvir o corpo para prevenir uma lesão que pode atrapalhar suas atividades por tempo indeterminado. A frustração e a apatia depois de problema como esse também são consequências que podem desanimar a continuidade do esporte. "Se você sentir qualquer dor em qualquer parte do seu corpo, não ache que isso é temporário, consulte um especialista. É melhor prevenir do que remediar", fala o médico Julio Grados, especialista em medicina esportiva. "As dores podem se manifestar de várias formas e em diferentes fases do exercício" comenta ainda. De acordo com o especialista, você tem que ter muita atenção para o desconforto que pode sentir no final de cada prática. "Precisamos muito do descanso para recuperar o organismo e fugir de lesões. Se sentir algum desconforto após o treino, talvez esteja sobrecarregado", completa o médico.

Note, ainda, se você está tendo um momento difícil no esporte e sentindo dores onde não sentia. "Uma coisa é a fadiga natural e outra, a dor; devemos aprender a distinguir", conclui.

 

Fonte: http://www.educacaofisica.com.br

Rua Debora Scholl, 2260 - Bairro Hans Paff, Santo Ângelo - RS. Tel.: 55 3312 8489